Jornada de Aprendizagem Zeev

Última atualização: 14/09/2021

Esse manual de boas vindas tem por objetivo dar clareza nos passos iniciais e próximos passos para você começar a utilizar nossa plataforma da melhor maneira possível.

Ao longo de mais de 10 anos, construímos uma metodologia de implantação vencedora, baseada em melhores práticas, que darão conhecimento necessário para você e sua equipe conquistar autonomia no uso do produto.

 

Sumário

 

Apresentação

Você será conduzido nessa jornada pois optou, indicou ou definiu que você e sua equipe desejam ter plena autonomia e controle sobre todas as automatizações que serão feitas. Sua decisão nos deixa muito contentes, pois adoramos ver nossos clientes autossuficientes e dominando sua operação. Essa será uma jornada de aprendizagem, guiada por nossos experts, o Customer Success (CS) e o Expert (EX).

A Jornada do Cliente, portanto, conduzirá você e sua equipe em atividades essenciais, para que vocês tenham domínio da ferramenta e acesso a todo o conhecimento necessário. Seu comprometimento em estudar e colocar em prática será fundamental para construir soluções sustentáveis e de maneira autônoma no longo prazo.

Essa metodologia é composta por 5 fases e diversas etapas. Existe flexibilidade para, em casos específicos, a ordem das fases e das etapas serem modificadas, ou fases e etapas serem criadas ou modificadas.

As cinco fases são:

Para o sucesso dessa jornada, será importantíssimo e fundamental foco e dedicação sua e de sua equipe para as reuniões remotas e atividades que iremos conduzir. O sucesso da implementação será o resultado da sua dedicação. Esse será um trabalho conjunto, a quatro mãos, entre a Zeev e sua empresa.

Sabemos que você está louco para “colocar a mão na massa” e automatizar seus processos, mas, nesse momento, pedimos um voto de confiança: seguir nosso processo de aprendizagem irá ajudá-lo a criar uma arquitetura e uma cultura robusta de processos em sua organização.

É importante destacar que nossa metodologia é baseada em quick wins: queremos que você comece a operar e usar o sistema o quanto antes possível. Por isso, os resultados vão começar a aparecer ao longo da jornada, e não após ela.

O processo se dará através de uma série de treinamentos EAD, consultorias com nossos experts através de reuniões remotas, e tarefas “tema de casa” que deverão ser executadas por você e sua equipe entre as reuniões remotas.

Os encontros terão duração máxima de 1 hora e 30 minutos, buscando a maior energia e participação de todos, e poderão ser gravados, a seu critério. Os vídeos serão disponibilizados para você realizar download, e ficam disponíveis por um período de 15 dias após o encontro.

Com quem você irá interagir

Ao longo das próximas semanas, você irá interagir com alguns profissionais qualificados da Zeev, com expertises e responsabilidades distintos. Eles irão ajudá-lo em sua jornada.

Papel Sigla Descrição
Customer Success CS O CS é co-responsável pelo sucesso da sua adoção do produto. O CS acompanhará todas as etapas da implantação, para garantir que as fases serão bem executadas e te ajudarão a alcançar os objetivos de contratação. O CS, a partir de agora, passa a ser o seu principal ponto de contato dentro da Zeev. Pense no CS, também, como um "Gerente de Projetos”
Expert EX O EX é nosso técnico especialista, expert conhecedor de nossa metodologia e nossa tecnologia, e que irá ajudá-lo no passo a passo de adoção da ferramenta. Você terá diversas reuniões com o EX e poderá contar com toda a sua experiência para tornar-se, também, um expert na ferramenta. Para assuntos relacionados a negócio terá apoio de um perfil especializado para te apoiar e dependendo de sua evolução e necessidades poderá ser conectado a outros especialistas da Zeev para que também se torne expert em nosso produto.
Executivo de Vendas EV Você já conhece o seu EV. Ele foi o responsável pela condução da sua venda. O EV não tem um papel direto no projeto de implantação, mas sempre estará a disposição para conversar com você, retomar conversas antigas, dar orientações ou elucidar questões relacionadas à venda feita.

Quem da sua empresa precisa participar

Nas primeiras etapas de sua jornada, você irá nos conhecer melhor e também conhecer cada membro de nossa equipe e seu respectivo papel. E, nós também, precisaremos conhecer você e sua equipe. Dentro de nossa metodologia, costumamos qualificar os atores de nossos clientes nos seguintes papéis:

Papel Descrição Papel na jornada
Sponsors Dentro do conceito de “patrocinadores”, os sponsors podem ser tanto os responsáveis pela financiamento do projeto como os responsáveis pelas áreas de negócio que serão mais diretamente impactados pelos resultados positivos que espera-se atingir com a ferramenta. São importantes em definições estratégicas iniciais, e convidados a participar da primeira reunião de onboarding. Podem ser consultados para assuntos específicos periodicamente.
Pontos focais Os pontos focais são definidos como os pontos de contato principais entre a Zeev e sua empresa, tanto na comunicação e facilitação de projetos, quanto na implantação e uso de produtos. São responsáveis pela estratégia geral de uso do produto, priorização de processos a serem automatizados e decisões sobre configurações gerais . São também responsáveis por orquestrar todos os fluxos de comunicação entre a Zeev e os demais contatos de sua organização. São o principal condutor do lado da sua empresa, e por isso devem participar de todas as atividades e reuniões do projeto de implantação.
Power users Os Power Users são usuários com poderes administrativos da ferramenta e responsáveis pela automatização de processos, criação de bibliotecas e manutenção geral dos cadastros. São pessoas que usam intensamente nossos produtos todos os dias, exploram e conhecem todos os recursos. Dentro do sistema, podem ser ser superadministradores ou simplesmente usuários com permissões especiais administrativas em determinado módulo. São também responsáveis por integrações com outros sistemas. São os principais executores e administradores da ferramenta, e por isso recomenda-se participar de todas as atividades e reuniões do projeto de implantação.
End users Os End Users são usuários finais da ferramenta que realizam operações básicas e específicas do sistema. No caso do Zeev, abrem solicitações, executam tarefas e eventualmente consultam algum relatório. No caso do Zeev Docs, digitalizam ou importam documentos e pesquisam e consultam documentos em bibliotecas. Como usuários finais, serão impactados somente pelo resultado final da implantação. Eventualmente, podem participar dos encontros como convidados, a seu critério.

Se você não consegue, nesse momento, identificar esses papéis dentro de sua organização, não se preocupe! Essa será uma das atividades da primeira fase do projeto, o Onboarding. No Onboarding, nosso time irá ajudá-lo nesse mapeamento.

É muito comum, também, que uma mesma pessoa desempenhe mais de um desses papéis. Não se preocupe. Vamos ajudá-lo.

Fase Onboarding

O Onboarding é a primeira fase da Jornada, e tem como objetivo principal apresentar a Zeev para sua equipe, revisar o que foi contratado e definir os objetivos, metas e estratégias da implementação.

O Onboarding é o alicerce pelo qual todas as demais etapas seguintes serão executadas. Ele é conduzido pelo Customer Success da Zeev, e aborda pontos estratégicos e educacionais no mesmo encontro.

Os objetivos dessa etapa são:

Ao final dessa etapa e apresentação do conteúdo acima, o Expert apresentará os próximos passos e como funcionará a fase Learning.

Fase Learning

Na segunda Fase entramos efetivamente na ferramenta e começamos a operá-la. A segunda fase é executada pelo Expert da Zeev (IS), com apoio e acompanhamento do CS.

Ela é composta por 5 etapas:

O funcionamento dessa Fase será assim:

O número total de encontros na Fase de Learning irá depender do seu plano contratado:

Plano
Jornada Light Até 12 encontros da Fase Learning
Jornada Pro Até 16 encontros da Fase Learning

Primeira etapa: usuários e hierarquias

Antes do início dessa etapa, o Ponto Focal e os Power Users de sua empresa devem, obrigatoriamente, terem concluído os seguintes treinamentos EAD em nossa plataforma:

A seguir temos um roteiro base das atividades desenvolvidas ao longo dessa etapa. Essas atividades serão desenvolvidas em reuniões remotas entre nossas equipes, intercaladas com temas de casa de ambos os lados.

TIPO DESCRIÇÃO OBSERVAÇÃO / OPÇÕES
Explicação EX deverá iniciar retirando dúvidas pendentes dos treinamentos EAD citados acima, já realizados por sua equipe. Validar o entendimento sobre cadastro de turnos de trabalho, feriados, usuários, funções e times.
Explicação EX irá revisar com você o número e o tipo de usuários licenciados pelo cliente, reforçando a diferença entre cada tipo de usuário, caso seja necessário.
Explicação O EX deverá relembrar a possibilidade de uso do usuário anônimo, reforçando que existem limitações e destacando seu funcionamento.
Definição O EX deverá focar na diferença dos tipos de autenticação disponíveis, compreendendo com você qual o tipo de autenticação se adequa a sua realidade. - Autenticação própria do Orquestra, com SSO opcional;
- Autenticação forçada por SSO;

Importante relembrar que o poderão existir mais de um tipo de autenticação habilitadas, para diferentes usuários;
Definição Você irá definir a estratégia de carga inicial de dados de usuários. Se você tem poucos usuários licenciados, provavelmente irá optar por fazer essa gestão manualmente. Se possui dezenas, centenas ou milhares de usuários, provavelmente teremos que selecionar uma estratégia automatizada. 1. Adicionar e manter os usuários manualmente;
2. Importar usuários via planilha Excel;
3. Integrar a base de usuários com AD / Ldap;
4. Importar usuários via API de transferência de usuários;
5. Importar usuários via API de criação / atualização de usuários;
Implementação Se você optar pela opção “Integrar a base de usuários com AD / LDAP”, o EX será o responsável por conectar, após o fim da reunião, a equipe de suporte técnico da Zeev especializada na integração AD, para prosseguir com essa integração;
Implementação Caso o você opte pelas opções “Importar usuários via API de transferência de usuários” ou “Importar usuários via API de criação / atualização de usuários”, você deverá conhecer as APIs do produto e o funcionamento geral de integrações. O EX poderá fazer uma breve explicação sobre a documentação das APIs associadas a cada uma dessas abordagens, e indicar que o treinamento EAD-17 Integrações: como conectar sistemas; O EX e a Zeev não são responsáveis por realizar essa integração, mas sim em ajudar, orientar e guiar você na construção da integração.
Explicação O EX deverá reforçar as estratégias possíveis de hierarquias e cadastro de times e funções. 1. Não usar hierarquias de times e funções, alocando processos e serviços diretamente a usuários
2. Criar de antemão uma estrutura hierarquica de times e funções similar a estrutura organizacional existente;
3. Criar times e funções sob demanda, conforme processos são automatizados;
4. Criar times e funções virtuais, no formato de grupos de pessoas e papéis em processos, para atender regras de negócio específicas
Explicação O EX deverá reforçar as estratégias possíveis de carga e cadastramento de times e funções 1. Cadastrar manualmente times e funções;
Explicação O EX deverá reforçar as estratégias possíveis de vinculação de usuários a times e funções 1. Cadastrar manualmente times e funções junto a usuários;
2. Realizar cargas via APIs;
3. Realizar manutenções via processos de movimentação de pessoal.
Definição Você e sua equipe deverão decidir qual estratégia arquitetura de times e funções irão implementar, qual a estratégia de carga de times e funções será usada e qual estratégia de vinculação de times e funções a usuários.
Implementação Com apoio do EX , você implementará a arquitetura definida. A implementação da arquitetura será feita por você e sua equipe, com apoio consultivo do EX.

Essa etapa encerra quando todas as atividades acima foram concluídas.

Segunda etapa: quick-wins com serviços

O objetivo dessa etapa é a implementação rápida de serviços ou templates de processos, com a mínima customização possível, de modo que você possa iniciar o uso e a interação com o sistema o mais rapidamente possível.

Antes dessa reunião, o ponto focal e os power users do projeto obrigatoriamente deverão ter assistido, no mínimo, aos seguintes treinamentos EAD:

A seguir temos um roteiro base das atividades desenvolvidas ao longo dessa etapa. Essas atividades serão desenvolvidas em reuniões remotas entre nossas equipes, intercaladas com temas de casa de ambos os lados.

TIPO DESCRIÇÃO OBSERVAÇÃO / OPÇÕES
Explicação EX irá iniciar retirando dúvidas pendentes dos treinamentos EAD citados acima, já realizados por você e sua equipe.
Explicação O EX irá apresentar detalhadamente o funcionamento geral da camada de serviços. O EX irá apresentar casos e exemplos reais de serviços, em um ambiente de demonstração.

Durante a apresentação, irá focar em:

- A diferença entre um serviço e um processo;
- Onde usar serviço e onde usar processo;
- Os benefícios de usar serviços;
- Onde ou quando não usar serviços;
- Deixar claro que o template do serviço pode ser customizado, incluindo:
- A inclusão de novas etapas de aprovação;
- A inclusão de novas mensagens de e-mails;
- A inclusão de novos níveis de atendimento;
- A inclusão de novos campos de formulário;
Explicação O EX irá mostrar os tipos de processos genéricos que temos hoje prontos, quais suas características, usos e potenciais.
Explicação O EX irá mostrar os tipos de serviços complementares e seus potenciais, tais como gestão do conhecimento e links externos.
Definição Você e sua equipe deverão identificar e listar possíveis casos de uso da camada de serviços e deverão decidir se irão utilizá-la nesse momento para processos rápidos. Caso decidam não utilizar a camada de serviços nesse momento, essa etapa dá-se por encerrada.
Definição Você e sua equipe deverão identificar qual processo genérico melhor se adapta no momento e quais os tipos de customizações são necessárias para o uso. Exemplos de tipos de customização são:


- Adicionar mais campos do formulário, como “Centro de custo”
- Incluir mais uma etapa de atendimento, como “Atendimento nivel 3”
Implementação O EX irá carregar o processo genérico escolhido no seu ambiente da ferramenta.
Implementação O EX irá customizar o processo genérico escolhido no seu ambiente, conforme solicitações de customização. Essa atividade poderá ser feita sem a sua ajuda nesse momento, pois ainda não chegamos no treinamento de modelagem e automação.
Implementação O EX irá implementar e testar com você 1 serviço
Implementação Você irá implementar sozinho até 5 serviços, com apoio do EX para dúvidas. O EX irá testar com você os serviços executados.

Essa etapa encerra quando todas as atividades acima foram concluídas.

Terceira etapa: mapeamento e modelagem de processos

O objetivo dessa etapa é prover a você e sua equipe o conhecimento metodológico sobre a disciplina de processos, alicerce fundamental para que as próximas fases possam ser executadas. Inclui-se aqui o conhecimento para mapeamento e modelagem de processos, noções básicas de BPMN (Business Process Model and Notation) e a diferença entre as modelagens AS IS, TO BE e TO DO.

Não está incluída nessa fase, ainda, a automação / configuração do processo.

Antes dessa reunião, o ponto focal e os power users de sua empresa obrigatoriamente deverão ter assistido, no mínimo, aos seguintes treinamentos EAD:

A seguir temos um roteiro base das atividades desenvolvidas ao longo dessa etapa. Essas atividades serão desenvolvidas em reuniões remotas entre nossas equipes, intercaladas com temas de casa de ambos os lados.

TIPO DESCRIÇÃO OBSERVAÇÃO / OPÇÕES
Explicação O EX irá retirar dúvidas pendentes dos treinamentos EAD citados acima, já realizados por você e sua equipe.
Explicação O EX irá reforçar os conceitos sobre a matriz de priorização de processos, ferramenta indispensável para definir sua estratégia de implantação.
Definição Você deverá definir um ou mais processos de negócio que buscará automatizar dentro do projeto de implantação. A definição deve estar coerente com os objetivos do projeto definidos na fase de onboarding.

Você deverá selecionar:

- 1 processo de negócio de complexidade média e alto impacto,
- OU até 2 processos de negócio de complexidade baixa e médio impacto.

Características dos processos:

- Simples: até 3 áreas envolvidas, até 10 elementos BPMN e até 20 campos no formulário eletrônico.
- Médio: até 5 áreas envolvidas, até 20 elementos BPMN e até 30 campos no formulário eletrônico.
- Simples: até 10 áreas envolvidas, até 30 elementos BPMN e até 40 campos no formulário eletrônico.
Implementação O EX irá, junto com você, modelar uma parte do processo complexo ou 1 processo simples, demonstrando regras de modelagem, táticas, workflow patterns e lógica de modelagem.
Implementação Você irá mapear e modelar os processos restantes definidos, contando sempre com o apoio do EX para dúvidas.
Implementação O EX irá realizar uma revisão geral dos processos modelados com você. Após a revisão pode ser necessário realizar novo desenho para fixação caso a modelagem apresentada esteja fora dos padrões de melhores práticas.

Essa etapa encerra quando todas as atividades acima foram concluídas.

Quarta etapa: automatização de processos

O objetivo dessa etapa é nos movermos para o coração do sistema, que é a ferramenta de automação e configuração de processos. Você e sua equipe aprenderão como transformar os processos modelados na etapa anterior em um software vivo.

Antes dessa reunião, o ponto focal e os power users de sua empresa obrigatoriamente deverão ter assistido, no mínimo, aos seguintes treinamentos EAD:

A seguir temos um roteiro base das atividades desenvolvidas ao longo dessa etapa. Essas atividades serão desenvolvidas em reuniões remotas entre nossas equipes, intercaladas com temas de casa de ambos os lados.

TIPO DESCRIÇÃO OBSERVAÇÃO / OPÇÕES
Explicação O EX irá retirar dúvidas pendentes dos treinamentos EAD citados acima, já realizados por você e sua equipe.
Explicação O EX irá enfatizar e resumir pontos importantes sobre Metodologia de Automação da Zeev, que consiste na automação ágil através das fases Alfa, Beta, Homologação e Produção.
Explicação O EX irá começar pelo formulário eletrônico, parte fundamental de um processo automatizado. Serão reforçadas questões importantes sobre o formulário e construído um formulário exemplo. Revisar entendimento sobre os tipos de campos, visual padrão e editor, guias de edição e listas fixas.
Implementação Você e sua equipe irão construir formulário eletrônico do processo ou dos processos modelados na fase anterior, contando com ajuda do EX para dúvidas. Nesse momento, não trataremos de integrações nem de customizações de formulários, seguindo as regras da Fase Alfa da Metodologia de Automação.
Explicação O EX irá automatizar, em sua frente, um processo exemplo, que servirá de modelo para você construir os seus processos. Serão utilizados e configurados os seguintes elementos:

- Evento de início
- Evento de mensagem
- Evento de link
- Evento de marco
- Evento de tempo
- Tarefa humana
- Tarefa de subprocesso
- Tarefa Regra de negócio
- Gateway paralelo
- Gateway condicional
- Evento de fim

O formulário eletrônico será conectado no processo.

Nesse momento, não trataremos de integrações nem de customizações de formulários, seguindo as regras da Fase Alfa da Metodologia de Automação.
Implementação Você e sua equipe irão automatizar o processo ou os processos modelados. Contarão com a ajuda do EX para todas as dúvidas e questões. Os processos serão simulados. Nesse momento, não trataremos de integrações nem de customizações de formulários, seguindo as regras da Fase Alfa da Metodologia de Automação.
Explicação O EX repassará todas as regras de publicação e controle de acesso do processo, simulando a publicação de um processo para uso.
Implementação Você e sua equipe irão publicar o seu processo para simulação de uso com o apoio do EX.

Essa etapa encerra quando todas as atividades acima foram concluídas.

Quinta etapa: integrações e customizações

O objetivo dessa etapa é demonstrar as capacidades de integração da ferramenta com outros sistemas.

Integrações são sempre atividades técnicas e, portanto, nessa fase o público alvo são os Power Users com skill técnico de sua empresa. É claro que outros profissionais, inclusive os Pontos Focais, podem e devem participar, mas será com o objetivo de ficarem cientes das potencialidades do sistema.

Você não tem profissionais técnicos em sua empresa ou sua equipe? Não se preocupe. Podemos reduzir essa etapa a um overview geral sobre o assunto, com visão de negócios. Você verá que muitos processos não necessitam de integração nenhuma.

Antes dessa reunião, caso sua empresa for seguir o roteiro completo, os responsáveis técnicos de sua empresa obrigatoriamente deverão ter assistido, no mínimo, aos seguintes treinamentos EAD:

A seguir temos um roteiro base das atividades desenvolvidas ao longo dessa etapa. Essas atividades serão desenvolvidas em reuniões remotas entre nossas equipes, intercaladas com temas de casa de ambos os lados.

TIPO DESCRIÇÃO OBSERVAÇÃO / OPÇÕES
Explicação O EX irá retirar dúvidas pendentes dos treinamentos EAD citados acima, já realizados por você e sua equipe.
Explicação O EX irá explicar como realizar customizações no formulário eletrônico. Como ocultar campos conforme condição selecionada, como modificar o estilo do formulário com CSS.
O que não pode ser feito e melhores práticas para desenvolvimento de customizações de interface.
Explicação O EX irá reforçar os diferentes tipos de integração que o sistema suporte - Chamadas REST para sistemas externos
- Camada REST para sistemas que queiram chamar o produto
Explicação O EX irá demonstrar a API nativa do produto, criar uma fonte de dados dinâmica e irá testar com você. Criar no mínimo uma consulta de informações de um processo para preencher campos do formulário eletrônico de outro processo.
Explicação O EX irá explicar como realizar a conexão com um BI externo para trabalhar relatórios customizados. Usar como exemplo a API nativa e orientar que se necessário contratar um BI, o cliente deve realizar a contratação diretamente junto a MS, por exemplo.
Implementação Você e sua equipe irão criar uma fonte de dados dinâmica, com uma API nativa do produto, e irão implementar em um processo automatizado. O EX estará à disposição para dúvidas e acompanhará o teste.
Implementação O EX irá criar uma fonte de dados dinâmica, com uma integração em uma API REST, e irá implementar em um processo teste.
Implementação Você e sua equipe irão criar uma fonte de dados dinâmica, com uma integração em uma API REST, e irão implementar em um processo automatizado. O EX estará a disposição para dúvidas e acompanhará.
Implementação O EX irá criar uma integração a partir de um sistema externo que irá se comunicar com a ferramenta.
Implementação Você e sua equipe irão criar uma integração a partir de um sistema externo que irá se comunicar com a ferramenta. O EX estará a disposição para dúvidas e acompanhará.

Essa etapa encerra quando todas as atividades acima foram concluídas. Consideramos que podem ser realizados até 12 encontros de 1h30m.

Fase Early Adoption

**O Early Adoption (Adoção Antecipada) iniciará a partir do momento que seu primeiro processo for publicado e os End Users passarem a utilizar a ferramenta. Portanto, você poderá executar 2 fases simultaneamente: Learning + Early Adoption.

Nessa fase, o Customer Success acompanhará você e sua equipe na continuidade e execução das atividades, de forma a garantir que o conteúdo criado se mantenha em uso e evolução.

Nessa fase você não terá etapas à cumprir ou novas tarefas, apenas dedicação e comprometimento com a adoção da ferramenta. A maior atuação será por parte do Customer Success, para apoiá-lo em possíveis dúvidas e impasses referente a conteúdos já implementados. Você poderá acioná-lo quando necessário. Esses contatos serão um apoio extra, focados em avançar o uso da ferramenta e ganho de autonomia.

O funcionamento é bastante simples:

Em paralelo, o Customer Success te acionará, pontualmente, para acompanhamento e atualização com o objetivo principal de adotarem o uso recorrente da ferramenta por parte de todos os envolvidos e isso, consequentemente, o levará ao alcance dos objetivos e metas alinhados na fase Onboarding. Se necessário, serão agendadas reuniões para alinhar ações que o ajudem a avançar no uso da ferramenta.

Fase Adoption

** Na quarta fase, que chamamos de Adoption (Adoção), é esperado que você e sua equipe tenham tido as primeiras entregas de valor. Portanto, nosso foco será revisitar os objetivos e metas definidos em Onboarding, identificar melhorias e ajustes nas atividades implementadas, redefinir metas e criar planos de ação para aprofundamento e evolução da ferramenta.

O funcionamento dessa fase será assim:

Ao final da fase de Learning,

Após a conclusão desta primeira reunião, definiremos os próximos passos, que serão norteados pelas informações, resultados e adoção, mapeados nesse momento.

A fase de Adoption tem duração de 90 dias.

Fase Ongoing

A quinta e última fase inicia após o fim da fase de Adoption. A fase de Ongoing na verdade consiste no período contínuo de uso da ferramenta após o Adoption, compreendendo todo o seu ciclo de vida como cliente e usuário da ferramenta.

Nesse período, que esperamos que dure muitos e muitos anos, você continuará contando com apoio de nossa equipe, no seguinte formato:

  1. Acesso para dúvidas e orientações técnicas ilimitadas através dos nossos canais de suporte técnico e comunidade, conforme seu plano de suporte contratado;

  2. Reuniões a cada 90 dias com o Customer Success para apresentação de resultados, evolução na ferramenta e alinhamento de objetivos, metas e estratégias.

Para dúvidas gerais ou assuntos pontuais, as reuniões poderão ser combinadas entre você e o Customer Success responsável pela sua conta

Para consultar as versões anteriores: